tea time yoosfera dois cafés (e um descafeinado) playlist

[E-MOON] Criaturas mágicas em que eu acredito!

.
Olá queridos leitores!

A postagem de hoje faz parte da primeira Blogagem Mágica do projeto Eternal Moon (carinhosamente, E-moon), idealizado pela Kim do Galaxy Wolf. Eu amei o assunto por inúmeras razões: o projeto é todo mágico (eu sou uma bruxa élfica lá), eu gosto muito de falar sobre fantasia e magia. Ainda não toquei muito sobre esses assuntos aqui no blog, mas sou uma pessoa cheia de superstições e apaixonada pelo místico.

Já fui muito cética, dizia não acreditar em nada e sempre achava que as pessoas mentiam. E eu até tinha razão, afinal, muitas pessoas abusam da crença/fé de outros para ganhar algum tipo de poder e disseminar suas ideias a partir do medo. E eu acho que qualquer pessoa em sã consciência tem ódio desse tipo de manipulação. Mas a verdade é que não há religião que deva receber culpa pelas ações daqueles que as seguem, pois nem todo seguidor é um "fiel", estamos falando de humanos.

Quando eu percebi o erro que era culpar a religião em si e não as pessoas, eu comecei a pesquisar e ler sobre cada uma. As variações dentro do cristianismo, as religiões de origem africana, as pagãs, enfim. Eu descobri que existe verdade nelas, só que algumas pessoas não as interpretam bem ou as manipulam para seu próprio uso. Eu tentei encontrar alguma filosofia que combinasse com o meu modo de ver a vida, e eu acabei chegando nas bruxas. Eu levo a Lei Tríplice (tudo o que desejar para os outros, volta três vezes para você) para a minha vida com muita força.



Se ainda não ficou claro: eu acredito em bruxas. Elas obviamente existem num contexto bem diferente da Bruxa Keka, ou as W.I.T.C.H's. Não saem raios da ponta de seus dedos, elas não tem a pele verde e não são necessariamente más, até porque para as bruxas não há diabrura má e deuses do bem. Elas acreditam (e eu também, já que sou muito iniciante para me considerar uma) que a maldade vem da índole. Vocês concordam que o problema não é a religião católica e a bíblia em si, mas as pessoas que tentam machucar outros a partir da interpretação delas sobre o catolicismo e a bíblia, não é? São fatos.

Outras criaturas que eu acredito são lobisomens. Muitas pessoas podem rir ao ler isso, mas uma vez li que antigamente, quando a medicina não era tão avançada, as pessoas começaram a tratar um doente como uma diabrura por causa da sua aparência física: manchas escuras na pele, fotossensibilidade, ansiedade, coração acelerado, confusão mental. Alguns dizem que a lenda do vampiro e do lobisomem vem daí, outras dizem que isso é só lenda e especulação. Nunca vou saber. Mas eu acho que seria errôneo ser completamente cética quando eu não tenho nenhuma prova de que não existem.

E pra fechar com chave de ouro: eu acredito em fantasmas. Até porque eu tenho uma indagação muito forte sobre para onde vão as almas e o que de fato elas são, quero dizer, existem inúmeras respostas pra isso e é difícil saber qual a mais próxima da verdade. Então, ao invés de desacreditar, ficar com um pé atrás é mais confiável.

Em resumo, eu acredito no místico, no esotérico, no oculto, e tenho certo interesse nessas coisas. É bem engraçado dizer isso quando eu também sou muito de exatas, aquela coisa de "só acredito com provas", "eu acredito no lógico", mas enfim, até mesmo a ciência se reescreve a todo momento, quem sou eu pra duvidar?

O café acabou...

Vocês também acreditam em algumas dessas "criaturas mágicas"? Será que é certo chamar de criatura mágica algo como fantasmas? Afinal, são espíritos sem luz... Vai saber, não é? Eu gostei muito desse estilo de blogagem, e já estou me preparando para a próxima (na verdade, esse post era pra ter saído em março). Nos encontramos em breve.


QUE A FORÇA ESTEJA COM TODOS.

14 comentários:

  1. HEY, YUU! Como vai?

    Nossa, eu queria muito acreditar de verdade em alguma criatura mágica, mas no momento sou uma pessoa um pouquinho cética em relação a isso KDJSDKSJ Mas fui pesquisar sobre a Lei Tríplice e achei bem interessante, assim como sua explicação sobre o porquê de acreditar em bruxas. Me pareceu bem lógico e eu tenho uma amiga que é wicca (não sei usar o termo na forma correta dsclp) e que já me falou um pouco sobre.
    E EU ACREDITO MUITO QUE O PROBLEMA SÃO AS PESSOAS E NÃO A RELIGIÃO. Eu sou católica e muitas vezes me perguntam coisas do tipo "Ah, mas você pode fazer isso?", "Então você quer que as minorias vão pro inferno, né?", "Como você é crente e feminista? Na igreja não dizem que mulher tem que ser submissa e dona do lar?". Eu fico ???, porque todo mundo tem aquela imagem de crente fanático, sabe? DKSJDSK Infelizmente esse é o resultado das pessoas que usam a religião como meio de se dar bem ou manipular terceiros.

    Eu achei MUITO interessante isso que você escreveu sobre lobisomens e vampiros, e vou até pesquisar sobre amanhã, porque agora tá de noite e sou muito medrosa -qq E eu não sei se acredito em fantasmas; admito que tenho aquele medinho e tal, mas acho que se eles existissem, seriam tipo uma energia espiritual presa nesse plano mas que não fazem mal a ninguém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HEY Ester, vou bem!!!

      Ah, eu entendo aduihaiueh eu acho que sou do tipo que prefere não arriscar e temer, do que ir na cara dura e acabar tomando susto q. Acredito que seja wiccana o jeito certo de falar, mas não sei, já vi várias pessoas se referirem à "os wiccas"!
      SIIIIIIIM, é bem isso! Existe uma estereotipação, uma forçada de barra, as pessoas acreditam que todas as que seguem determinada religião ou filosofia agem de um modo tal dentro de um quadrado e nunca são diferentes daquela ideia. Deve ser bem tenso ter que lidar com isso aaa Queria que fosse claro pra todas as pessoas que tudo é separado em pessoas que creem X pessoas que usam para manipular quem crê.

      Ai eu também sou medrosa aieuhd~ Eu acredito que se é um fantasma e tá preso nesse plano ele vai esquecer de quem ele foi, então ele pode se tornar mal sim, mas isso é só uma especulação né. E eu não tenho certeza se quero mesmo saber aeiduhe~

      Excluir
  2. Oii! Desculpa o comentário breve, mas estou passando pra avisar que te indiquei pra uma TAG lá no blog, viu? Beijão!
    www.controversos.com

    ResponderExcluir
  3. Também acredito em bruxas, alias, eu sou uma, né? Não teria nem como não acreditar haha E miga, relaxa, eu não só acredito em lobisomens como também tenho familiares que moram no interior aqui da Bahia e alegam já terem visto um. Eu evito falar sobre isso com as pessoas quando o assunto é lobisomens porque realmente as pessoas não acreditam e até riem, elas só acreditam naquilo que querem acreditar e torço para que um dia essas pessoas que não acreditam nessas coisas possam ter a oportunidade de ver. Eu acredito, então não quero ver não hahahaha

    www.memorizeis.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaah que legal Viviane, eu conheço poucas! Posso te fazer perguntas de vez em quando? q
      Pois é, onde eu moro também tem relatos, mas não dá pra falar muito pela mesma razão: as pessoas acham engraçado. E também não quero ver não, credo aehaieuh

      Excluir
  4. Não acredito em bruxas nem em lobisomens, mas, tenho minhas dúvidas sobre espíritos. Eu acredito na existência deles, mas, não sei até que ponto. Uma parte de mim é cética e a outra acredita kk

    Nanda, Gravado na Memória

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando vê tu conhece pessoas que são bruxas e nem sabe, até porque elas são mais comuns do que parece auhdeuh~ Quanto a lobisomens, é um mistério, eu nunca vi e honestamente espero nunca ver. Oh entendo, nós somos céticos até que algo real aconteça, então é bem normal auiehuae

      Até mais Nanda!

      Excluir
  5. Yoocchan ♡
    Eu achei tipo, muito inteligente tu ter tocado no assunto das bruxas, porque de verdade, eu nunca tinha pensado em fazer a blogagem com elas (eu inclusive não fiz a blogagem porque não tem uma criatura em que eu acredite, sabe?). E eu também adoro pesquisar sobre religiões e conversar com amigos meus de religiões diferentes! Claro, quando as pessoas não são intolerantes e fazem piada com a religião dos outros (né senhor menino Pan?). A lei tríplice me lembra ao carma do budismo, sabe? Eu lembro que achei o budismo uma das doutrinas mais legais sobre as quais já pesquisei. Mas assim como tu eu acredito, sim, em bruxas. E foi uma burrada não fazer o post falando delas :/

    Caramba, apesar de eu nunca pensar a respeito de lobisomens como algo com possibilidades "reais" de existir, essa teoria é totalmente realista! É muito legal, nunca tinha pensado nisso. E fantasmas são meus amorezinhos, apesar de eu não saber ao certo se acredito neles. Quando eu penso sobre isso, acabo bugando muito forte porque realmente não tem como saber o que existe e o que não existe. Eu acho que, se eles existissem, obviamente não fariam mal a ninguém - talvez sejam apenas almas agoniadas procurando um descanso ou coisa assim? aaaaa sei lá, complicado.

    E FALTOU DIZER QUE ACREDITA EM DEMÔNIOS, NÉ DONA KAMILLA? *hmpf hmpf*
    enfim, vou ficando por aqui mesmo! beijo yoocchan sz
    http://folk-potato.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. JOJAAAA ♥
      Foi a primeira coisa que eu pensei: vou falar sobre bruxas. É cansativo conversar sobre religiões com pessoas sem postura e ignorantes (no sentido de só quer ridicularizar e não dialogar), então eu entendo. Agora que tu disse, realmente, lembra o carma do budismo! Eu li pouco sobre, mas budismo é uma das religiões que eu mais admiro também, espero ler mais no futuro (como bruxa, eu não tenho a necessidade de me prender a uma única crença, sabe? pode ser celta, pode ser budista, pode ser aquilo que eu me identificar).

      Pois é, é uma possibilidade daquelas. Olha, eu acho que se fantasmas são almas que estão presas nesse plano, elas vão acabar perdendo a memória de quem foram quando vivas, então podem se tornar más sim. Se elas estão presas são espíritos sem luz, que não puderam passar para o próximo plano, elas devem ficar angustiadas, é triste, parando pra pensar =c

      BAH, ESQUECI DE FALAR DOS DEMÔNIOS! ejkfshur
      Beijo masuta ♥

      Excluir
  6. Oi Yuu <3
    Faz tempo que não comento por aqui né? Perdão pelo vacilo.
    Adorei o tema do post, e quero aproveitar pra te recomendar as 3 primeiras temporadas de Charmed - ou Jovens Bruxas em alguns lugares. São 3 irmãs que se descobrem bruxas e a primeira e segunda temporada têm uma pegada bem wicca, é bem bacana!
    Não sei se acredito em lobisomens ou vampiros (EMBORA EU VIVA POR VAMPIRISMO E FANFICS ABO MAS NÉ), mas fui criada numa família espírita, onde muita gente é também da umbanda, então espíritos fazem parte da minha vida, hahaha XD Achei legal você se abrir sobre suas crenças.
    Sobre religião, me lembrou uma passagem dO Evangelho Segundo o Espiritismo, que fala que o espiritismo não deve ser considerado uma religião, porque as religiões só servem pra separar as pessoas. O livro critica muito essa gente que usa da religião pra se aproveitar de outras pessoas, em várias passagens, e acho isso interessante. Enquanto psicóloga, eu sempre digo que devemos prezar a fé das pessoas e até incentivá-la, mas tomar muito cuidado com a religião - que são os dogmas, as regras, as 'verdades'. ENFIM! Brisei aqui.

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Shana aaa <3

      Tudo bem, acontece! E desculpa ver o comentário só agora!!! Vou anotar e tentar procurar essa série pra ver nas férias.
      Olha, se quiser me recomendar fics vou ficar feliz heim aiheduahe~ Pois é, eu fico com receio de falar muito sobre esses assuntos porque nem todas as pessoas são mente aberta, quero fugir do hate do conservadorismo... Mas de vez em quando vou falar disso, espero.
      Olha, parece uma leitura interessante! Eu sempre tive dúvidas sobre isso na posição do psicólogo, porque tem pessoas que se agarram em alguma religião pra tentar se "reerguer", legal saber do teu posicionamento aaa!

      Beijos ♥

      Excluir

🌜 Plágio é crime;
🌜 Evite desavenças;
🌜 Críticas construtivas são bem-vindas;
🌜 Quando não souber o que falar não fale nada;
🌜 Comente sobre a postagem, não apenas se auto-divulgue;
🌜 Tem blog? Deixe o link no final do comentário :3

Use sem espaços:
negrito: < b > texto < / b>
itálico: < i > texto < / i >
link: < a href = "l i n k a q u i" > texto < / a > mantendo espaço somente entre a e href.

"Diga amigo e entre."
Elf Garden 1.1.0 Template. Yoona Moon [29.11.14]06.06.17 - ∞.
Todos os direitos reservados.