tea time yoosfera dois cafés (e um descafeinado) playlist

#1 Dois cafés (e um descafeinado), por favor

.
08 de outubro de 2018, segunda-feira. 03hrs10mins, no momento que comecei a escrever esta carta virtual. Estava assistindo uma série e um personagem incrivelmente amoroso e gentil faleceu ao tentar ajudar uma amiga. Dois amigos criam um plano incrível para não traírem seu chefe, alguém próximo de um pai para ambos. Uma equipe enfrentando inimigos que tentavam separá-los a todo custo, mas sem sucesso pois a amizade entre ambos os unia. Eram uma família.

Eu pensei: é isso, eu tenho uma família. Não composta de pessoas que compartilham o mesmo sangue, mesma cor de pele, mesmo sobrenome, mesmas características físicas. Uma família composta de amizade, lealdade, amor, compreensão mesmo que não de forma completa. Amigos são inconstantes, passageiros, mas não significa que nos separaremos para sempre, afinal não estamos parados: viajamos constantemente. Seja de um lugar para outro, seja de dentro de nós mesmos para fora, seja de um problema para outro ou de uma vitória para outra (geralmente, as duas intercaladamente). Somos viajantes e de vez em quando nos topamos por aí, sem atrapalhar o caminho de ninguém, mas para somar umas risadas, um abraço, uma dose de choro ou de crises existenciais comunitárias.

Mas o mais importante: não importa por quanto tempo o silêncio perdure entre nós, sempre voltamos a nos encontrar. Algumas vezes o peito dói, outras só nos sentimos empolgadas para falar sobre aquele anime adorável e precisamos de alguém para compartilhar. Não importa o tempo. Nem a ausência de palavras. Nem a distância. Porque amizade é muito além de compartilhar alegrias e a felicidade de ser jovem, tampouco de chorar junto e lamentar as feridas da vida. Amizade também é saber respeitar o tempo uns dos outros, entender quando não estamos prontos para falar e esperar a hora certa. Amizade também significa dar espaço, não agir de forma abusiva e deixar nossos amigos terem suas próprias vidas.

E pensando nessas coisas incríveis, me senti grata pelos amigos que eu tenho. São poucos, mas tudo bem. Quem liga para quantidade numa circunstância dessa? Embora eu seja emocional e tenha uma necessidade gigantesca de ter atenção, eu calmamente espero pelo momento em que estarão prontos para topar comigo pelo caminho, dividir um café ou sei lá. E notando todas as coisas que tem acontecido, lembrei das coisas que nos uniram: a mente sensível, o coração fragilizado e uma mania divertida de tratar nossas vidas errôneas com um humor bobo.

Eu quis escrever para vocês essas palavras aí porque eu queria que soubessem que me importo e sobretudo para que não se sintam apressadas ou pressionadas. Eu espero. Sempre espero. Sempre podem se abrir, mas se não estiverem prontas, levem o tempo que precisarem. Não se preocupem com o silêncio, não precisamos nos falar todos os dias para que sejamos amigas. Tudo tem seu tempo. Não vou bater a nave por estar sozinha, ainda sei viajar pela minha galáxia interna e até conheço a rota dos meus planetas. No momento, aterrissei na Caixinha de Música.

Me digam: lembram dessa canção?



Essa postagem faz parte do projeto Dois Cafés (e um descafeinado): escrita pessoal, algo como cartas, com o intuito de compartilhar experiências das viagens das galáxias internas de três amigas: Alone (black sky), Joana (folk potato) e eu.

Carta #1 da Alone (ler "Algumas palavras para dias difíceis").

MAY THE FOREST BE WITH YOU. 

2 comentários:

  1. vou chora bicho
    que lindo

    eu te amo mt

    ResponderExcluir
  2. o quão desnaturado de minha parte poderia ser não comentar em uma postagem tão íntima nossa?

    oi kanilla!
    eu queria dizer, primeiramente, que fico muito tocada toda vez que tu te refere aos teus amigos como família. eu fico muito feliz que tu me considere alguém tão profundamente próxima de ti a esse ponto, pois também te considero igualmente importante. e sim, acredito que amizade acima de tudo seja respeitar aqueles momentos em que precisamos seguir em nossa jornada por um tempinho antes de nos encontrarmos de novo. além de lealdade, carinho e companheirismo, amizade é amor. quem ama cuida e quem cuida sabe que nem sempre estamos plenamente dispostos a despender tempo conversando ou parados naquele mesmo lugar. às vezes precisamos desbravar a vida, e é bom saber que temos pessoas que respeitam isso e que estão torcendo pelo nosso melhor, e que como tu disse, esperam. eu não sou a pessoa mais acostumada do mundo em termos de deixar alguem se aproximar ou me abrir para as pessoas (e tu sabe disso), mas eu estou tentando. é bom ter amigos que entendem meu tempo. é bom ter amigos. é bom ser tua amiga. e se estiver perto de bater a nave, estaciona e me liga pra ver se posso te ajudar com as coordenadas. apesar de o silêncio precisar ser respeitado, a interrupção dele jamais será um incômodo.

    e essa música jamais poderia ser esquecida ♡

    ResponderExcluir

🌜 Plágio é crime;
🌜 Evite desavenças;
🌜 Críticas construtivas são bem-vindas;
🌜 Quando não souber o que falar não fale nada;
🌜 Comente sobre a postagem, não apenas se auto-divulgue;
🌜 Tem blog? Deixe o link no final do comentário :3

Use sem espaços:
negrito: < b > texto < / b>
itálico: < i > texto < / i >
link: < a href = "l i n k a q u i" > texto < / a > mantendo espaço somente entre a e href.

"Diga amigo e entre."
Elf Garden 1.1.0 Template. Yoona Moon [29.11.14]06.06.17 - ∞.
Todos os direitos reservados.